segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Saudade


Palavra triste, pesada, cheia de dor.
Sentimento que machuca, faz sofrer, faz chorar.
Um vazio no coração que só pode ser preenchido por aquela pessoa especial.

Tem gente que se faz importante de tal forma na vida da gente que quando parte leva um pedacinho nosso, deixando um pedacinho de si.
Tem gente que faz tanta diferença que nos deixa transformados pelo simples fato de ter passado por nós.
Tem gente que faz falta pra gente!

Há sete anos você me deixou.

Acabaram-se as cantigas antigas.
Acabaram-se as histórias que me prendiam na cadeira.
Cadê você pra passar a mão na minha cabeça?
Cadê você pra me levar pra passear?

Saudade!

Ciene


Faz tanto tempo, mas ainda hoje quando me lembro de você sinto um aperto no perto, uma vontade de chorar vem chegando de mansinho apertando meu coração...ai saudade!

Esta semana vai fazer sete anos sem meu querido vô Samuel.
Homem lindo, ser humano inigualável, pessoa maravilhosa!
Meu vô Samuel.

Tanta coisa bonita me ensinou, tanto amor e carinho me deu.
Parte integrante e imutável da minha vida, que certamente foi muito mais bonita porque ele fez parte dela.

Meu vô Samuel.

Que saudade de tu Papai...às vezes queria poder voltar no tempo e passar umas horinhas com o senhor...ah se eu pudesse...



E agora que você que passou por aqui e viu assim tão de perto a dor da saudade de uma neta muito amada e que muito amou...

Um pequeno conselho:

Ame, curta, abrace, beije e aproveite muito a presença daqueles que você ama...eles um dia irão embora.


Linda semana procê!!! beijos mil

2 comentários:

Lulu on the Sky® disse...

Meu pai faleceu faz quase 5 anos e até hj choro de saudades.
Fica bem.
Big Beijos

Sem Noção disse...

Muito bonito!

Amar enquanto é tempo...